A ideia de criar um blog

Tão antiga e misteriosa quanto a Suméria.

Tão antiga e misteriosa quanto as tradições da religião.

A ideia de criar um blog surge na cabeça de adolescentes entediados.

A ideia de criar um blog surge na cabeça de seres humanos desocupados, e com acesso à internet. Quem se mete, nem sabe o que está fazendo.

A ideia de criar um blog é igual virgindade: dá e passa.

Mais volátil que a acetona.

Mais esquecível que o grande hit do verão passado.

Cabeça vazia, oficina do diabo.

Cabeça vazia, cabeça que coça, criadouro de piolhos.

Cabeça vazia, e surge um novo blogueiro.

Ideia fútil. Ideia inútil. Ideia com altos e baixos. Ideia que se perde entre as nuvens de fumaça dos cachimbos de crack e dos cigarros de maconha.

Ideia que precisa de antidepressivos e medicamentos tarja preta.

Ideia urbana. Ideia metropolitana. Ideia do cidadão civilizado.

Ideia cheia de banners, publicidades e propaganda explítica ou subliminar.

Ideia coisa de louco. Coisa de inocente. Coisa de freelancer. Coisa de desempregado.

Ideia coisa de jornalistas puxa-sacos e militantes políticos.

Ideia coisa de garotas bonitas que entendem ou fingem entender de moda.

Ideia de homossexuais fofoqueiros adoradores de divas pop.

Ideia fabricada no Vale do Silício e na Zona Franca de Manaus.

Ideia impulsionada pela força terrena dos cabos de fibra óptica e pelas ondas invisíveis dos satélites angelicais.

Ideia conectada e compartilhada, como numa grande roda que vira quadrado e depois triângulo; como numa grande irmandade mística de pessoas que nunca se olharam, nunca se falaram, nunca se abraçaram, nunca se beijaram, nunca treparam, mas compartilham um mesmo coração pulsante.

Ideia que padece de monetização paga em dólares, euros, ou em barras de ouro, que valem mais que dinheiro.

Ideia dos grandes impérios da realidade virtual que influenciam a vida real.

A ideia de criar um blog é uma voz que fala ao pé do ouvido. Seria uma alma penada?

Seria a ideia de criar um blog o ovo da serpente?

Seria a ideia de criar um blog o chip alienígena implantado na cabeça?

A ideia de criar um blog surge com pouca ambição. Com pouca determinação. Desorientada, triste. Quase morta.

A ideia de criar um blog é um bebê no bucho da mãe prestes a ser abortado.

Mais fácil que tomar um copo de suco, ou que puxar a corda do vaso sanitário, todo cagado, criar um blog é rápido e divertido.

Criar um blog é aquele sexo maravilhoso que só existe no mundo da imaginação de quem acredita nas próprias mentiras.

A ideia de criar um blog é preto e branco, azul e rosa, masculina e feminino ao mesmo tempo. Um bicho andrógino, difícil de entender, e que simplesmente surge, despertando todos os sentidos, agitando os espíritos. Uma coisa chamada amor.

A ideia de criar um blog, seja em WWW, 666 ou XXX, é ainda uma ideia banalizada, plagiada e corrompida.

A ideia de criar um blog é coisa de mochileiros aventureiros e viajantes aeroespaciais, com estórias para registrar.

A ideia de criar um blog é possível, pois a filosofia já provou que o impossível não existe.

Então, tudo pode acontecer. Inclusive o nada.

A ideia de criar um blog nos apresenta um futuro promissor: fama, ouro e glória. Ficar multimilionário através de uma tela sensível de smartphone. Milhares de seguidores, milhares de comentários, milhares de compartilhamentos.

Fãs fanáticos precisam de um novo ídolo para acender velas e prestar reverências. Um novo ídolo blogueiro influenciador digital para chamar de seu.

E o poder aumentando mais e mais.

Mas será que a ideia de criar um blog chegou atrasada?

Será que já é tarde demais para subir todos os degraus e atingir o topo da grande pirâmide dourada?

Aguardemos os próximos capítulos da história, que insiste em se repetir.

Aguardemos as próximas postagens.

É o que a voz está dizendo.


Curta, comente e compartilhe Fládson pelas redes sociais

>> facebook.com/fladsonize

>> instagram.com/fladsonize

>> twitter.com/fladsonize

>> Youtube: bit.ly/YTfladsonize


Leia mais em FLADSON.COM | ARTS BY FLÁDSON

>> As confissões vulgares de Fládson [será publicado em breve]

>> Música de Pombajira [será publicado em breve]

>> Vida de safado [será publicado em breve]

>> A cultura do cu [já disponível!]


A ideia de criar um blog foi escrito por Fládson B. M. Freitas e publicado originalmente dia 24-janeiro-2019 em FLADSON.COM | ARTS BY FLÁDSON

23 comentários em “A ideia de criar um blog”

  1. Fládson é pura polêmica!!! ADOOOORO!

  2. Jéssica Rodrigues disse:

    Fládson eu imprimi esse texto e fiz leitura dele aqui na faculdade hahahaha! Todo mundo gostou. Cada grupo trazia um texto bem diferente falando sobre redes sociais no século XXI.

  3. O Fládson é um vagabundo comunista de classe média. Por isso defende sindicalista vagabundo que não gosta de trabalhar.

  4. Voz das Periferias disse:

    O Fládson é tudo o que o Brasil de hoje precisa: uma voz que não se cala em defesa da tolerância e do respeito. Parabéns! E falar em direitos humanos, defender o direito das mulheres, dxs negrxs, dxs LGBTs sempre gera ódio em pessoas ignorantes ao novo. Seja forte Fládson. Todos que seguem o seu blog estão aqui porque admiram o seu trabalho. Estamos com você.

  5. O Fládson ensina tudo o que não presta. Já já vira estrelinha na tela da Globo.

  6. Escolheu bem a primeira postagem! Então aguardemos os próximos capítulos… rsrsrsrss

  7. Fládson is a satanist.
    Fládson is a bad guy.
    Fládson is a bad influence.
    Fládson is a communist.
    Fládson is a communist.
    Fládson is a communist.
    Fládson is an illuminati puppet.
    Fládson is an illuminati puppet.
    Fládson is an illuminati puppet.
    Fládson is an illuminati puppet.
    Fládson is an illuminati puppet.
    Fládson is an illuminati puppet.

  8. Admirador Romântico disse:

    Fládson, não ligue pras opiniões negativas desse povo recalcado e invejoso. Ignore essa gentalha. Eles querem fazer igual, mas não têm coragem de fazer. Siga a sua própria luz. Você é uma estrela ✮

  9. Se vocês ainda não sabem, o Fládson é um playboyzinho comunista travestido de blogueiro progressista. Com certeza já fez pacto com o diabo pra fazer sucesso. Daqui a pouco tempo, quando Mr. Viadson estiver brilhando na Rede EsGLOto de Televisão, não será mera coincidência.

  10. Me segue no instagram lindão! Voce eh gato e inteligente.

  11. Patricinha da Facul disse:

    Isso aí meu povo! Respeita o líder!!! Aceita mundo!!! Fládson é o poder!!!

  12. Fládson você usa grindr aqui em Floripa? Mandei direct no insta pra vc.

  13. Índio do Guaporé disse:

    Fládson seu gostoso quando voce vier em Manaus me avisa q vou te mostrar as bouatchyyys! Bjs. Te sigo no insta!

  14. Vcs ja notaram q todo texto do fládson tem viadagem??????????????????? Pq será ein????????

  15. Reacionário disse:

    Fládson sempre misturando macumba com viadagem em seus “textos”. E tem trouxa que chama isso de arte.

  16. Raffa Brazil disse:

    Nossa amigo vc arrasa sempre! A ideia de criar um blog é close certo meu amor!

  17. Fládson o seu blog está lindo, parabéns!

  18. O Fládson é aquele gay que representa a comunidade! Sem mais palavras! Nota 1000 pra você! ❤

  19. Lacração total!!! Manda esses homofóbicos pra puta que pariu! Estou seguindo você no Instagram, Fládson! Sucesso e mais sucesso!

  20. Fládson sempre arrasando nos textos. Amo ser sua amiga! Sucesso sempre, lindão! Beijos de Paris!

  21. Nossa Fládson amei o texto! Faz uma crítica a essa nossa futilidade de exibicionismo nas redes sociais! Amei!

  22. Fládson seu lindo! O blog ficou muito legal! As cores, o layout! E principalmente os textos que você sempre faz tão bem! ARRASOU!

Publique abaixo seu comentário